Por que não conseguimos adorar como convém II

Ainda analisando o diálogo da mulher samaritana com Jesus podemos tirar ainda três motivos do porque não conseguimos adorar como convém. Lembrando que fomos criados somente com esse objetivo, adorar a Deus.

1.Por que não compreendemos a urgência da mensagem. Vs 28-30

Imagine que você tivesse uma notícia muito boa para dar a alguém. Uma notícia que iria mudar a história dessa pessoa. Pois bem, se compreendêssemos essa urgência deixaríamos o que estivéssemos fazendo para seguir e entregar a mensagem. Assim como a mulher samaritana avisou toda a cidade e não só avisou, mas trouxe a Jesus todos para o ouvirem.

Podemos perceber também no chamado dos discípulos, que largaram tudo e seguiram a Cristo imediatamente. Mt 4:18-22. Apesar de ser um momento diferente do que vivemos, o que podemos tirar de lição é que em nosso dia-a-dia temos que levar a mensagem do evangelho através de nossa vida e testemunho.

2.Por que existem valores eternos para ser vividos antes dos terrenos. Vs 31-34

Imagino que você algum dia tivesse fazendo algo que até esqueceu de comer. Pois bem, Jesus estava totalmente focado nesse momento nos valores eternos e concentrou toda sua força a transmitir a mensagem, visto muitos já se aproximavam para ouvi-lo. Os valores eternos devem estar inseridos em todas as nossas atividades. Não precisamos parar o que estamos fazendo para vivê-los. Em Marcos 16:15 o Senhor nos ordena:  “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas.

Em todo momento é possível transmitir esses valores seja trabalhando, praticando esportes, e claro que em alguns momentos de nossa vida precisamos de uma inserção literal na obra de Deus, seja através de uma viagem missionária, uma visita Evangelística, ou se dedicando a algum ministério na igreja.

3.Por que a nós foi nos dada a missão de concluir a obra de Cristo. Vs. 35-38

As pessoas estão sedentas de Deus, pois não conseguem mais identificar valores em nada. A mídia atual está destruindo valores que mantinham a sociedade em ordem. As novas ideologias, como a de gênero, têm destruído as figuras de pai, mãe e até das crianças, desrespeitando a inocência até então intocada delas. Uma confusão de identidade que afasta as pessoas dos reais princípios de Deus. Estamos vivendo um período onde temos de levar a real mensagem do evangelho. Excluir de nosso meio os falsos ensinos que fazem com que o amor de muitos esfriarem, devido ao entendimento confuso do plano de salvação deixado para aqueles que crêem.

Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, 13. mas aquele que perseverar até o fim será salvo. 14. E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim. Mt 24:12-14

Pr. Marcelo Ribeiro

ESBOÇO da Mensagem – Ministrada em 15.10 – PIB Tabapuá – TB João 4:29-38 NVI

Por que não conseguimos adorar como convém

1.Por que muitos desconhecem o dom de Deus vs 10 – A Salvação pela graça conforme Ef 2:1-8. 10 Jesus lhe respondeu: “Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva”.

2.Porque não reconhecemos quem é Deus 11-14 – Por que insistimos em colocar obstáculos – Trechos que comprovam isso: não tem como tirar, poço é fundo, acaso o senhor é maior. Quem conheceu a Deus de verdade nunca sairá de seus caminhos. A sede de quem conheceu a Deus é conhecê-lo ainda mais como diz Oséias. Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo. Tão certo como nasce o sol, ele aparecerá; virá para nós como as chuvas de inverno, como as chuvas de primavera que regam a terra. ” Oséias 6:3. Muitas pessoas convivem com outros anos e não conhecem o outro, por isso a busca de conhecer a Deus tem de ser constante. Quando recebemos a água dada por Cristo deixamos de ser receptores e passamos a ser fonte.

3.Porque não entendemos o dom de Deus vs 15 – Como achar que conhece o plano de Deus para salvação e ter atitudes de quem não conhece? – Eu sei que Deus salva,agora posso viver minha vida, não preciso da igreja.  –  Eu conheço Deus eu não faço nada demais. – Só não quero aguentar os irmãos julgando minha vida. Frases como essas demonstram total falta de entendimentos sobre Deus; Quantos crentes agem com se não conhecesse a Deus. Cheio de orgulho sobre a salvação como se ele tivesse tido algum mérito nisso.

4.Por que achamos que ele não nos conhece vs 16-19 – Apenas quando percebemos que não podemos esconder nada de Deus que tudo vê é que a ficha finalmente cai e passamos a entender que não há como fugir de seu poder e chamado. Vejo que és profeta. Essa afirmação demonstra um certo reconhecimento de quem está diante dela.

5.Por que continuamos procurando um lugar para adorar vs. 20-26 – Por que continuar procurando se ele está bem diante de Nós. O que está faltando pra eu e você compreender que não existem mais barreiras. Somente parar sua correria pelo sonho de que quando as coisas melhorarem vamos adorar melhor.

6. Por que ainda temos dúvida vs. 29 – Mesmo tendo tido um encontro com Deus ainda vamos perguntar aos outros será que é ele? Perceba que essa mulher teve um diálogo com o Messias que quase ninguém, mesmo um judeu não teve.

Pr. Marcelo Ribeiro

ESBOÇO da Mensagem – Ministrada em 08.10 – PIB Tabapuá – Texto João 4:7-29 NVI

 

 

O Tratamento de Deus na santificação

Como pecadores salvos, fazemos agora parte do processo de santificação que inclui um tratamento especial de Deus para nos forjar e nos transformar em verdadeiros adoradores. Vale lembrar que o tratamento de Deus só termina quando partimos dessa terra e acontece semelhante a um diabético que precisa de injeção de insulina durante toda a vida para o manter os níveis de açúcar no sangue controlado.

Segue os três instrumentos que Deus usa para nos tratar, não necessariamente nessa mesma ordem:
A Palavra de Deus: O instrumento mais poderoso da terra, que se usado de forma errada, pode causar um resultado totalmente oposto pelo qual qual foi escrito. Através da palavra de Deus somos ministrados em cada reunião e também de forma pessoal a conhecer a vontade de Deus sobre diversas áreas de nossa vida conforme lemos nos textos abaixo:

Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17
Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. Hb 4:12

O Espírito Santo: A carência do distanciamento do homem de Deus chegou a tal ponto, dele não ser capaz de conseguir volta sozinho para a presença do Criador. Daí a necessidade de ao partir, Jesus ter nos deixado o consolador para fazer esse papel de companheiro e nos ajudar em nossa fragilidade ao pecado que a todo tempo nos rodeia.

Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse. João 14:26
Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei. 8. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo. – Jo 16:7-8
1Ts 5:19 – Não apagueis o espírito.

A Dor: Para alguns uma forma muito cruel de ensino. Mas imagine seu filho crescer sem dor. Seja de uma simples queda num jogo de futebol, seja da forma mais traumática que temos visto as crianças desse mundo sofrerem. A dor muitas vezes não é física: A escassez, o medo de não conseguir, de fracassar como pai, como mãe, como profissional, de não conseguir prover, de faltar. São dores que atingem o íntimo do homem.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também é abundante a nossa consolação por
meio de Cristo. 2Co 1:3-5

Nos três, Deus nos ensina que dele vem: a direção, a provisão, a saúde, a moradia, a segurança e tudo o que precisamos para viver.
Direção – Mt 11:25 – O evangelho foi revelado aos mais simples que mesmo diante das incertezas se sentem seguros confiando em Deus.
Provisão – Não andeis ansioso por coisa alguma, quando ao comer, beber e vestir… Mt 6:31. E para aqueles que acham que foi fruto do seu trabalho, o Deus que servimos nunca parou de trabalhar para nos dar o sustento conforme Jo 5:17.
Moradia – …na casa de meu pai há muitas moradas. Jo 14:1. Mesmo que nessa terra não tenhamos uma casa própria ele nos manterá em um teto seguro enquanto houver gratidão com que já temos hoje.
Segurança – Se o Senhor não guardar a casa em vão vigia a sentinela… Sl 127:1. Não existe lugar seguro se não tivermos o cuidado protetor de Deus.

Em alguns momentos o pai conduz o filho a dor e a necessidade. Muitos milagres acontecem exatamente nesses momentos para entendermos que ele tem controle sobre tudo e sabe do que realmente precisamos. Que possamos ser gratos pois o pouco que temos já é muito, pois temos Ele em nossos corações.

Pr. Marcelo Ribeiro

ESBOÇO da Mensagem – Ministrada em 24.09 – PIB Tabapuá

Pai Presente Filhos Curados

Para evangelizar pessoas, elas precisam saber que estão perdidas. Em nosso caso doentes. Uma doença que acompanha o homem desde a queda de Adão. Essa doença se chama pecado. Afinal: de quê estamos doentes? A ausência de Deus nos deixa totalmente expostos a tudo que essa doença contaminou: nossa terra e quem vive nela. 

Para Deus todos o pecaram (Rm 3:23), portanto não há como se auto-justificar. Não conseguiremos passar por essa vida sem problemas. Pode ser desde uma pobreza extrema a ponto de passarmos por necessidade básicas à doenças emocionais que atinge até o mais rico morador desse planeta. Entendendo que estamos doentes seguiremos para o próximo passo. Quem pode nos curar ou ensinar a conviver com esse mal, nos deixou ainda a esperança de uma vida eterna.

É nesse ponto que a presença de Deus pai, nos faz viver nessa terra, mesmo em meio a tantos males sociais e existenciais.

Vemos na bíblia que mesmo quando criança, somos totalmente inseguros e achamos que temos direito a tudo, o que demonstra já os primeiros traços do pecado.Em Rm 3:9-12, temos a certeza de que somos incapazes de fazer o bem. Cabe aos pais terrenos ensinar aos filhos a depender de Deus se quiserem viver bem nessa terra ou então teremos filhos cheios de si e mal criados. Mas mesmo elas quando fazem algo que desagradam seus pais não acham justo a punição. Portanto, desde muito cedo é preciso ensinar que todos precisamos de salvação e cura.

Para ser curado pelo pai precisamos seguir os conselhos dele esquecendo o nosso falso entendimento de justiça e confiando no de Deus.

Para uma alma abalada umas das formas de vencer traumas causados por pessoas próximas a nós é liberando perdão. Mt 6:14 se perdoardes. O perdão liberta e traz a proximidade com o perdoador. Isso acontece quando nos sentimos perdoados por Deus. A gratidão nos torna mais próximo a Ele. Crises como a ansiedade, ficam mais difíceis de vencer quando o Diabo que é o acusador joga culpa sobre nossos ombros.

 Existem três áreas que Deus irá fazer o tratamento da cura que acontecerá no processo de santificação.

Quando crianças somos apresentados a um Deus muito diferente de quem ele realmente é. A maioria de nós conheceu um Deus carrasco. Ficamos frustados e criamos nossos próprios deuses. Esse afastamento agrava ainda mais o pecado que dependendo do que seja, fica muito difícil voltar. Muitos preferem permanecer como estão. Criando suas próprias regras e conceitos. O bom é que no decorrer de nossa vida, Deus cria situações que nos levam pra perto dele. Perceba que até a cura começa com ele. Deus então começa o tratamento de três áreas:

Da menteRm 12:1-3 Nossa transformação começa em nossa mente.

Abuso sexual, acidentes, doenças terminais, vícios como a pornografia vão poluindo a mente tornando-a doentia.Nossa mente precisa passar por uma renovação. Uma limpeza que somente Deus é capaz de fazer. Pois só ele conhece nosso íntimo como ninguém. 

 Do coração (Palavras) – Traumas adquiridos na infância. Um lar desestruturado com um pai ausente, uma mãe tola. A bíblia fala que a mulher sábia edifica sua casa e um pai presente deveria ser líder em seu lar. Quantos de nós tiveram esse privilégio? Quase ninguém, portanto Deus também cobrirá essa lacuna em nosso coração. 

 Do corpo – Desintoxicação do corpo Ef 4:17-24 . Algumas pessoas trazem marcas no corpo de quando vivia longe de Deus e precisam de tratamento como no caso das drogas. Esse é o terceiro passo onde a cura está sendo feita.

Antes de querer curar as mazelas do corpo deixemos Deus curar as da alma.

 Pr. Marcelo Ribeiro

ESBOÇO da Mensagem – Ministrada em 10.09 – PIB Tabapuá – TB Rm 3:9-12 NVI

Pai Presente Filhos Independentes

Parte IV – Pai presente Filhos Independentes Mt 15:10-18

 A independência que as nações buscam é a de um lugar seguro para chamar de seu. Somos tão dependentes de um pai que chamamos aqueles que amam seu país de patriota. Termo que tem origem na palavra grega Pater que significa pai. Em termos legais somos livres, mas em termos gerais somos totalmente dependentes como países um dos outros. Por isso foi criada a ONU depois da segunda guerra. Uma tentativa de unificar as nações em torno de um interesse comum a paz.

Liberdade o que na verdade isso representa: Será ter seu próprio dinheiro? Será morar sozinho? Será fazer tudo sem dar satisfação a ninguém?

Tudo isso é ilusão. Sempre dependeremos de alguém: O filho dos pais e o contrário, o marido de suas esposas e vice versa, O pastor de suas ovelhas e os patrões dos empregados.

Quando não queremos depender de pessoas ficamos dependentes de coisas que enfim nos escravizam:

Dependente do álcool; Dependente químico e a pior é a co-dependência: Quando dependemos do amor de pessoas e não temos uma contra partida.

Um pai presente nos ensina a ser dependente somente de Deus:

Quando as pessoas falham: se você não teve bons pais, teve relacionamentos frustados, seus patrões só te maltratam, seus filhos só te decepcionam e na maioria das vezes Deus usa outras pessoas para te mostrar isso;

Quando as circunstâncias falham: se não teve uma boa educação, uma boa casa, quando não teve muitas oportunidades;

Quando  a doença chega: O Diagnóstico de doenças graves nos abate no momento da notícia e de uma hora pra outra Deus vai nos fortalecendo com uma força que nós nem sabíamos que tinha.

Sem Cristo a liberdade é uma mentira. Ou levamos a mente Cristo pra tudo ou em algum momento estaremos sendo influenciados por alguma ideologia disfarçada de liberdade de expressão. Algumas dessas ideologias são defendidas por ídolos da música e artistas em geral. Cazuza já dizia: “Ideologia eu quero um pra viver”. Será que a falta de uma o levou a cantar essa letra? E o que dizer Raul Seixas que dizia: “eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”. Sem levar em conta seus talentos muitos desse artistas tinham ideologias que não harmonizam com nosso pensamento único e absoluto sobre Cristo e seu plano bem definido de salvação. Lembremos de Paulo quando diz ouça de tudo e retém o que é bom. 1Ts 5:21

Portanto só conseguiremos ter a real liberdade e independência do mundo quando confiarmos a Cristo todos os nossos: Pensamentos 2Co 10:5 l Mt 11:28-31; Palavras Mt 15:10-18  onde diz: O que entra pela boca não contamina mas o que sai vem coração (íntimo) e Atos Mt 15:19-20 esse é o ultimo e causa consequências de uma mente doente que não está cativa a Deus.

Percebam que a batalha toda começa na mente. Ninguém se torna escravo do pecado se tem uma mente liberta. Jo 8:32, 34-36

Sejamos Independentes do mundo e dependentes total de Deus.

Pr. Marcelo Ribeiro

ESBOÇO da Mensagem – Ministrada em 03.09 – PIB Tabapuá – TB Mt 15:10-18 NVI